Alguns motivos para amar filmes de lutas orientais



Eles nem sempre são grandes produções, mas tem as melhores coreografias de luta que o cinema mundial pode produzir. Os filmes de lutas orientais, tanto chineses como japoneses movimentam fãs pelo mundo todo, eu mesmo sou um deles e resolvi compartilhar alguns motivos para vocês gostarem também:

Eles são carregados de história sobre seus países 


Filmes como "O Grande mestre" contam histórias de personagens épicos que viveram e lutaram por uma boa causa.  Neste exemplo, é  Yip Man, mentor do astro Bruce Lee. - Isso já daria uma bela história por sí, mas o filme vai mais além e leva o espectador a uma trama entre desafios de lutas contra japoneses, conflitos militares e perseguição antes da segunda guerra mundial.




Orientais se orgulham das guerras heroicas de seu povo, você sempre vai encontrar coisas do tipo entre algumas cenas.  Outro filme que indico nesse quesito é "The Warlords", O filme é ambientado na China na década de 1860, durante a Rebelião Taiping. Ele é baseado no assassinato de Ma Xinyi em 1870 e tem Jet Li como protagonista. 


Eles Narram uma jornada da redenção




Isso não é muito comum no ocidente, aonde a religião cristã instaurou o pensamento de que nem todo o mal será redimido. Alguns filmes orientais tem seu plot baseados em supervilões que foram verdadeiros demônios, mas decidiram se redimir.  Os Live Action de Samurai-X (Rurouni kenshin) são bons exemplos de uma ótima história de redenção.  Ele era um dos melhores assassinos do governo que resolveu valorizar a vida e usa uma espada com lâmina invertida para não libertar sua face mortífera em batalha.  E, claro, há cenas fantásticas de lutas com espadas. 


Por falar em lutas, as cenas são de tirar o fôlego  


Só os melhores coreógrafos de luta do mundo poderiam produzir uma cena de luta em plano sequência como esta abaixo (do filme The Protector) :




Você vai conhecer um pouco das mitologias asiáticas (bônus, com Chan e Li) 




Além da história real, os filmes orientais valorizam a religião e lendas nativas.  Como "O Reino proibido"  filme baseado no romance Jornada ao Oeste de Wu Chengen, que é quase como um Lusiadas, narra uma das lendas do deus macaco, que inspirou um personagem de sucesso na cultura pop: Goku.  Ah sim, o filme ainda reuniu no mesmo set, Jackie Chan e Jet Li, quer mais? aha


Related

CORINGA 2905330735295604745

Postar um comentário

Comentários
0 Comentários

emo-but-icon

Lançamento

item