QUER DEFENDER UM PROJETO? CONTE UMA HISTÓRIA


Post escrito por Aline Nogueira de Sá e inicialmente postado no portal Bradesco Universitário.


Recurso utilizado para criar apresentações mais eficientes, o ‘storytelling’ pode impressionar investidores e viabilizar a sua ideia.
Livros, filmes, séries, novelas, HQ’s, peças de teatro... Não importa a linguagem em que são contadas, as histórias encantam desde a infância e nunca mais são esquecidas.
Mas, se contar histórias e se divertir com elas é algo tão antigo quanto a humanidade, mais recentemente esse recurso começou a ser adotado pelo mundo corporativo para outros fins.
O storytelling (contação de histórias), como é chamado, envolve elementos tradicionais de uma boa história, como personagens, uma narrativa com início, meio e fim e o uso da emoção para envolver os espectadores.
''As startups, por exemplo, têm buscado processos mais inovadores para suas apresentações a investidores, e começam a encontrar no storytelling o que precisam para transmitir de forma mais objetiva o que os produtos ou serviços oferecem'', diz Fernando Palácios, fundador do primeiro escritório de storytelling no Brasil, o Storytellers Brand 'n' Fiction.
Algumas grandes empresas também utilizam a técnica, em geral quando é preciso repassar aos seus funcionários informações importantes, como a necessidade de reposicionar a marca ou uma nova política interna, por exemplo.
Um dos exemplos mais significativos no mundo corporativo é o da Coca-Cola, que criou personagens como o Urso Polar e o Papai Noel para contar histórias aos seus mais diferentes públicos (funcionários, clientes, investidores etc.) em campanhas de comunicação que atingiram o mundo todo.
Palácios explica que o storytelling junta o universo da história, que é como construímos na nossa mente as informações que recebemos, e o telling (contar), que é a forma criativa de transmiti-la, por diferentes meios. Ou seja, o processo de contar bem uma história.
Como criar?
Muitas apresentações se perdem em excesso de detalhes sobre a parte técnica de produtos e longas exibições de slides. Elas podem cansar os potenciais investidores e atrapalhar a concretização dos negócios.
Com o storytelling, transforma-se o que a empresa é e o que ela tem a oferecer em uma situação hipotética ou até em uma metáfora, o que ajuda a transmitir a mesma informação de forma mais clara e atraente.
''A vantagem das startups é que elas estão ainda muito perto de suas raízes, de sua verdade. E encontrar essa verdade para ser transmitida em formato de história é o primeiro passo'', diz Palácios.
Transformar o perfil do consumidor da empresa em um personagem, com nome, sobrenome, gostos, é outro recurso que pode ajudar o investidor a entender a transformação que o produto ou serviço poderá causar na vida de uma pessoa.
Uma dica é se perguntar: ''Se meu público fosse uma única pessoa, quem ela seria? '' E, a partir daí, traçar uma história de como o produto ou serviço oferecido pela empresa se relacionará com ela.
Passo a passo
O especialista resume o processo de storytelling em 5 passos, que podem contar com o apoio de uma apresentação de slides. Confira:
• O propósito. A primeira coisa é saber o que se espera obter com a história. Por que dedicar tempo, energia e dinheiro para compor e contar essa história?
• A audiência. O que você espera despertar no público que ouvirá a história: Coragem para realizar algo difícil? Encantamento com o seu tema? Engajamento na sua causa? Estímulos de comportamento ou consumo? Ensinamentos ou alinhamentos de conhecimento?
• A história. Sobre o que é a história que você vai contar? Pense nos acontecimentos centrais e resuma tudo em no máximo duas frases
• As personagens. Tente retratar as pessoas envolvidas no processo na forma de personagens e faça com que essas personagens sintam na pele as transformações propostas em sua história. Esse é o momento crucial do storytelling. Aqui é preciso pensar nos mínimos detalhes. Você tem que saber tudo sobre a personagem, como se fosse um grande amigo de infância
• A narrativa. Organize a sua história em começo, meio e fim, sendo que o começo é um mundo conhecido dos personagens, o meio um acontecimento que muda o rumo das coisas e no final o resultado dessa transformação.
Se bem contada, sua história será bem entendida pelos espectadores e ficará guardada em suas mentes.

Related

storytelling em projetos 8541889729318252021

Postar um comentário

Comentários
0 Comentários

emo-but-icon

Lançamento

item