UM RELEASE QUE CONTA UMA HISTÓRIA


 Joana Rativa é gerente de Marketing da décima maior multinacional brasileira. Ela é do tipo que gosta do que faz e está atualizada de todas as novidades no mercado. Mas tem algo que a irrita profundamente.

Vira e mexe Joana ouve sobre esse tal de Storytelling. Desde quando trabalhava em uma das maiores agências de publicidade do país, a palavrinha inglesa de difícil pronúncia aparece em sites e briefings. Joana já tinha escrito dezenas de roteiros para filmes publicitários. Ela sabia contar uma história, o que podia haver de especial nisso? Só podia ser um conceito recauchutado. Mesmo assim uma pulga vivia atrás de sua orelha.

Sempre que ela pesquisava mais sobre o assunto, só encontrava informações desencontradas. Até que em novembro de 2013 ela ficou sabendo que Fernando Palacios estava de visita à cidade maravilhosa para desvendar o Storytelling. O problema é que o curso seria no sábado, dia do sagrado descanso. Com isso ficou aflita. Joana sabia que jamais iria se perdoar se investisse dinheiro suado e tempo de sábado caso o curso não ensinasse nada de novo. Por outro lado, a oportunidade era especial, já que pela primeira vez poderia ouvir a explicação direto do pioneiro do assunto no Brasil sem ter que sair de sua cidade. Resolveu se inscrever. A aflição se converteu em ansiedade.

Só que não contava que o fatídico dia traria uma chacoalhada nos seus conceitos. Ela que sempre escreveu e aprovou filmes publicitários nunca havia aprofundado suas histórias. Ela sequer sabia o sobrenome dos personagens de seus anúncios. O professor insistiu nesse ponto, na importância de criar histórias com raízes profundas. Mas será que precisava disso mesmo para fazer uma história de trinta segundos? Agora Joana tinha que decidir se aceitava que durante esse tempo todo ela teve a chance de contar boas histórias e nunca aproveitou, ou se defendia dizendo que no marketing e na publicidade a história é diferente. Eis que Joana resolveu mergulhar de vez no assunto e tentar fazer diferente o que vinha fazendo há anos em sua carreira.

Hoje Joana já contou várias histórias e até mesmo transformou o que seria uma apresentação de slides em um verdadeiro espetáculo teatral. Agora Joana quer mais e pediu para que Palacios retornasse à cidade com um programa mais completo. Ele aceitou. Na próxima edição o curso terá 65% mais tempo e vai contar com a prática de exercícios.

Joana Rativa é uma personagem ficcional e ainda assim a história é verdadeira. Inclusive o curso mais completo já está agendado para os dias 31 de outubro e 1º de novembro. Mais informações podem ser desvendadas pelo link http://www.eventick.com.br/storytelling-rj.html

Related

storytelling para assessoria de imprensa 5013588844719998625

Postar um comentário

Comentários
0 Comentários

emo-but-icon

Lançamento

item