SOBRE O QUE ESCREVER?


"

Quando alguém conhece um escritor é normal ter curiosidade sobre a tal da escrita. Escrever parece fácil, mas na prática é tão difícil. Até porque a beleza do texto, diferente de uma imagem, é mais subjetiva. Demora mais pra saber se um texto é gostoso ou bonito. Quando as pessoas encontram uma fonte de bons textos, elas não entendem exatamente o que fascina tanto. Só sabem que querem ler mais e mais. Um vício saudável. Aí começa a fase das perguntas, do querer entender. Depois vem a fase do querer tentar por conta. De querer escrever também.

Resolvi escrever esse post no meio da viagem porque pareceu importante. A pergunta "sobre o que eu escrevo?" é bem típica, mas na última semana foi como se entrasse em ebulição. Apareceu por email, em conversas no face, na página e até ao vivo. Se você também está se perguntando isso, vale a leitura e se quiser ir mais a fundo, recomendo o Curso de Inovação em Storytelling na ESPM.

Escreva sobre aquela cicatriz que você tem. Mesmo que seja aquela cicatriz que ninguém nunca tenha visto, porque não fica na pele.

Escreva sobra o seu melhor amigo de infância, aquele que só você conhecia. Ou sobre a baleia que está presa em sua imaginação e louca para sair.

Escreva sobre todas as coisas que te fascinam. Sobre as maravilhas do mundo, as maravilhas da vida. Mesmo que seja o  pão com azeite e sal que seu avô preparava antes das refeições.

Escreva sobre o seu primeiro beijo. Sobre a primeira vez que suas pernas tremeram na presença de alguém. Sobre o último beijo seu que alguém recebeu.

Escreva sobre aquela sua viagem por um país exótico. Conte os detalhes do cenário. Mesmo que a jornada tenha sido durante um sonho.

Escreva sobre um belo dia de Sol que começou a chover.

Escreva sobre a chuva que parou.

Escreva sobre escrever.

Escreva.

Related

sobre escrita 3429092309788576235

Postar um comentário

Comentários
0 Comentários

emo-but-icon

Lançamento

item