A Transmídia pode estar influenciando um novo Reboot da DC



Antes de qualquer coisa, longe de mim iniciar uma terceira guerra mundial me posicionando entre DC ou Marvel.  :P

Há um tempo a gente já sabe que a Marvel se tornou referência em filmes de heróis em Holywood, exatamente porque ela consegue expandir o poder comercial de suas obras enganchando todas no seu universo - que abrange também as HQs, séries animadas, games e etc. 

Agora a DC está tendo alguns problemas com isso.  A começar por seus reboots frequentes que tentam dar mais coesão ao seu multiverso. Aliás nesse caso o termo multiverso é extremamente aplicável. Explico, ao contrário da sua concorrente, a DC foi criada comprando direitos de personagens que ocasionalmente viviam em mundos distintos. Unifica-los e manter o sentido de cada herói no cinema é algo que a empresa ainda não conseguiu definitivamente.

Nas HQs alguns reboots aconteceram para reconstruir as sagas, apagar alguns mundos com versões que se tornaram desinteressantes para a empresa ou o público.  O mais famoso reboot foi feito na série "Crise nas infinitas terras" e o mais recente ganhou a alcunha de "Novos 52".  



Na TV tudo parecia caminhar para a construção mais sólida de um universo que pudesse hospedar tudo. Primeiro com o Seriado Arrow (indo para a terceira temporada)  de onde surgiu o spin-off do herói Flash e várias outras possibilidades como o "Esquadrão Suicida" as "Aves de Rapina" e etc.

Porém, alguns indícios podem sugerir uma nova reorganização do plano da DC.  Esperava-se que os heróis da TV fossem para os cinemas na hora da formação da liga da justiça (e eu particularmente espero que a liga seja formada na TV em um episódio especial que unificaria todas as séries), mas de antemão o ator que faz Barry Allen (o Flash) não será o mesmo no cinema.  




Ao mesmo tempo a nova série "Gotham" narra fatos que antecedem o próprio arco de Arrow, possibilitando a reconstrução de algumas narrativas de personagens que Batman e Arqueiro Verde tem em comum. Isso seria apenas uma hipótese distante, não fosse a última notícia sobre os arcos originais.

"Rich Johnson disse que a DC mandou um memorando pros seus artistas, pedindo que eles todos CONCLUAM SEUS ARCOS de histórias até o início do ano que vem, para que não fique nada pendente para o início da nova saga da editora (que especulam que se chamará Blood Moon).
Johnson chama a atenção pro fato de que da última vez que isso foi requisitado pras equipes criativas da DC foi lançada a saga Ponto de Ignição que culminou posteriormente com os Novos 52. " - do site MDM


Se essa alteração no cânon dos heróis da DC se consolidar, isso significaria que eles precisariam recomeçar todo o planejamento de filmes, produtos licenciados, programas de TV e etc etc.  Começar do zero seria correr para o lado oposto da Marvel que já tem uma década de universo cinematográfico bem sucedido.  Ou, o mais provável... que eles já estejam compreendendo esse reboot da HQ com as possibilidades construídas a partir da TV.  Talvez estejamos presenciando um movimento único aonde produções em outras mídias estejam influenciando e sendo compreendidas no "sagrado Cânon criado nas HQs" - relevando o fato da empresa já ter divulgado o calendário de filmes até 2020,  esta ideia se torna mais forte.  



Related

herói 3824215619962319695

Postar um comentário

Comentários
0 Comentários

emo-but-icon

Lançamento

item