Informações com Watts

.


David Bodanis é um historiador e escritor que pegou o espírito storytelling em um de seus livros, Universo Elétrico.

Com o objetivo de mostrar a importância da eletricidade, ele optou por trocar a escrita técnica, e chata, por uma forma mais romanceada e gostosa de ler.

Não li esse livro, mas os comentários do Tiago Dória me chamaram bastante atenção:

"Sem ser técnico, apresenta os protagonistas dessa história como mocinhos ou vilões ou, em certos momentos, como uma mistura dos dois. O mais marcante na leitura do livro é o fato de Bodanis revelar os pontos mais obscuros de diversos inventos que surgiram em torno da eletricidade..."

Em outras palavras, o autor sabe que um mocinho só não faz verão. História é, dentre muitas coisas, conflito e verossimilhança. Uma história só de heróis se torna chata, e uma história só com heróis e vilões se torna caricata e inverossímil. Na vida todo mundo tem um pouco dos dois...

"O telefone foi criado, antes de tudo, por que Graham Bell queria se comunicar melhor com a sua namorada, que era surda. Ou seja, num primeiro momento, o telefone surgiu como um aparelho contra surdez."

Bom saber que Graham Bell não inventou o telefone do nada. Teve um motivo, e como tudo aquilo que nos motiva, foi bastante humano. Essa pequena narrativa já é capaz de tornar a informação de que um sujeito inventou o telefone muito mais interessante. Aposto que você nunca mais esquecerá disso.

Agora imagine se o telefone fosse um produto ou uma marca...

Related

verossimilhança 2261182875402344234

Postar um comentário

Comentários
0 Comentários

emo-but-icon

Lançamento

item