O que é 50 Tons de Cinza?




A grande realidade é que o tema de sexo VENDE, e VENDE muito! Aliás, embora muitos digam algo diferente, essa não é a primeira vez que a sexualidade é tratada do ponto de vista da mulher.
Você tem o livro 100 Escovadas Antes de Ir Dormir que balançou o cenário literário italiano com os relatos sexuais de Melissa Panarello, que começou suas experiências com 15 anos de idade.
No Brasil tivemos há pouco tempo atrás O Doce Veneno do Escorpião, onde uma garota de programa, Bruna Surfistinha, vendeu diversos exemplares e até teve sua obra transformada em filme, contando fatos de sua vida sexual desde antes de se tornar prostituta até quando já era uma acompanhante de sucesso.
E agora vemos 50 Tons de Cinza voltando com o tema sexual, quebrando tabus e conquistando legiões de fãs. É uma história de amor? Sim, é. É uma pornografia leve? Sim, o livro também pode ser visto dessa forma. 
Mas qual é a grande realidade do que é de fato 50 Tons de Cinza? 50 Tons de Cinza nada mais é do que uma história, de amor ou sexo dependendo do seu ponto de vista, bem contada!
Se uma mulher conta de suas experiências sexuais ou de seus relacionamentos amorosos com as amigas, ela consegue cativá-las. Mas será que ela conseguiria vender diversos exemplares de livros?
Mas já que uma autora conseguiu cativar milhões de fãs, será que uma marca conseguiria fazer a mesma coisa com o assunto?
Em questão de histórias, tudo depende de como contá-las. E é aí que entra o storytelling.
Pense nisso. Pense nas suas fantasias, ou até mesmo nas suas experiências reias. Será que você conseguiria transformar esses pensamentos em um bestseller?

Enquanto pensa na resposta, dê uma olhada nas 5 técnicas de storytelling da saga de 50 tons: bit.ly/50TONS
E se o assunto te interesse, participe do I HANGOUT DE STORYTELLING no dia 20/01 às 20h bit.ly/HANGOUT


Related

sexo vende 41152522516221568

Postar um comentário

Comentários
0 Comentários

emo-but-icon

Lançamento

item