Os Dez Mandamentos, a maior inovação da novela vem de um sistema bem antigo de narrativas



Há um tempo a Rede Globo vem testando inúmeras formas de aprimorar suas novelas e mini séries. Verdades secretas foi o último grande sucesso e convenhamos que foi mais um dos méritos da direção, da produção e da escolha dos temas que chocou parte da população brasileira em seu plot. - leia o melhor e o pior da novela na coluna do Maurício Stycer

Mas outras tentativas não foram tão bem sucedidas assim, Babilônia e Além do Horizonte foram encurtadas pelo fracasso de audiência. A segunda, tentou se aproximar do plot de seriados, envolvendo um mistério em uma ilha (tipo Lost). 

Pois é, foi o canal do bispo Macedo que fez um tremendo barulho com sua recente produção: Os Dez Mandamentos.  Com uma produção pequena e efeitos especiais questionáveis , ela vem abocanhando cada vez mais audiência e gerando mais buzz nas redes sociais. Mostrando que uma boa história faz a diferença. 

Aliás, qual é essa diferença? 


Se perguntarem a algum roteirista da Globo sobre o tema de sua novela ele provavelmente diria algo como "é um recorte da vida", como me foi lembrado pelo Fernando Palacios em uma conversa recente.  Mas vejam bem o quanto isso realmente significa algo.  Na maioria das vezes tentar imitar a vida não é uma estratégia convincente, vide os blockbusters de Holywood para comprovarem que as pessoas gostam de histórias fantásticas. (Por várias razões psicológicas que comentamos em posts aqui na redação)   

Talvez o problema não seja tentar criar um realismo na história, mas colocar isso como a essência da sua história de modo que ela não seja mais nada além disso.  É aí que entra o trunfo de Os Dez Mandamentos... um mito. 

Sabemos que um mito é um conjunto de narrativas épicas. Quando levamos isso pra uma novela podemos construir núcleos aonde os acontecimentos englobam algo bem maior e coeso.  Nesta novela, são as 10 pragas que carregam várias histórias e acontecimentos simultâneos com um fundo dramático.   Sabemos que esse é um dos episódios mais fantásticos da bíblia. Tanto que conseguimos assistir várias representações ao longo dos anos e mesmo conhecendo o final, gostamos de descobrir as "entrelinhas" ou perspectivas diferentes dentro da saga de Moisés.  

É tanto potencial narrativo que a Record conseguiu estender os episódios principais das pragas, as vezes transformando em mais de um.  Investir em um mito parece ter dado muito certo para a emissora, agora o próximo desafio pode ser construir um... será possível? Bem, G. R. Martin provou que sim. Mas essa já é outra história :) 




Related

novela 8352153944016214381

Postar um comentário

Comentários
0 Comentários

emo-but-icon

Lançamento

item