ALAN MOORE, DOS QUADRINHOS AO YOUTUBE



Ele criticou, intensa e publicamente, todas as adaptações de suas obras para o cinema. Para defender a sua opinião o Sr. britânico Alan Moore diz que todas as suas histórias foram pensadas para os quadrinhos e que todo o seu processo criativo tinha o "produto final" em mente, fazendo com que ao mudar a mídia, muda-se a maneira de contar a história e, portanto, dificilmente uma de suas cuidadosamente planejadas histórias em quadrinho se tornariam bons filmes.

Pois bem, se o problema era planejar a história para a mídia e aproveitar o máximo da combinação entre um e outro, Mr. Moore decidiu entrar de cabeça na linguagem cinematográfica e escreveu um roteiro, ou melhor, DOIS roteiros de curta-metragem. Deixo com vocês um vídeo e uma pergunta:

Até que ponto a mídia em que é construída a narrativa é capaz de alterar uma história?


Related

técnica 4324443999155257987

Postar um comentário

  1. Até que ponto vou ficar sem conseguir ver o vídeo?

    ResponderExcluir

emo-but-icon

Lançamento

item