MAIS REAL QUE A REALIDADE


Neste semana, de 23 a 27 de Julho acontece na California a San Diego International Comic Con, o mais famoso evento de cultura pop do mundo. Lá são apresentados novos filmes, séries, quadrinhos, há entrevistas ao-vivo com diretores, roteiristas, atores e muitos, muitos cosplayers!

Você já deve ter percebido que nesses locais há uma grande concentração de fãs de uma determinada história, seja ela de qual mídia for. Já percebeu que quando dois ou mais fãs conversam sobre a mesma história parece que eles estão falando de algo REAL?

Isso acontece porque o próprio conceito de Storytelling nos diz que as histórias foram feitas para ilustrar a realidade. Nós somos um dos poucos seres terrestres capaz do tal "pensamento abstrato", isso nos permite trabalhar com coisas do passado, do futuro e com hipóteses, ou seja, temos a capacidade da imaginação. A princípio, nosso cérebro desenvolveu essa capacidade para poder prever estações de escassez, evitar predadores e assim sobreviver no mundo hostil e selvagem. Porém, chegamos a um ponto em que fazemos abstrações sobre abstrações. Imaginamos mundos que nem mesmo existem e quando encontramos pessoas que conhecem esses mundos imaginários somos capazes de interagir com elas como se esta história fosse real.

Com o advento dos jogos eletrônicos isso ficou ainda mais intenso. Aposto que, se você for um gamer, já disse alguma coisa do tipo "aí eu fui lá e matei um dragão" ou coisa do tipo, como se aquilo fosse parte do seu cotidiano, uma realidade. Preste atenção no discurso de pessoas que jogam os famosos Massive Multiplayer Online RPG's. O discurso dessas pessoas é estruturado como se as aventuras que eles vivem naquele mundo fossem reais.

Aliás, quando uma história é contada em mais de uma mídia, ou seja, quando ela é TRANSMÍDIA, isso ajuda ainda mais as pessoas a mergulhar naquele universo e fazer com as vezes ele pareça mais real que a realidade.




Related

realidade 3790306070398269362

Lançamento

item