The Blacklist, uma história envolvente sobre espionagem no mundo moderno



Recentemente a rede Globo começou a transmitir em um péssimo horário a série The Blacklist, que narra a saga do misterioso Raymond Reddington ou Red (James Spader), um dos fugitivos mais procurados do FBI, que decide se entregar e se oferece para ajudar a caçar os vários nomes de terroristas e criminosos tão eficazes que não constam em nenhuma lista do governo.

Quando vi o trailer da série na TV, corri para o Netflix e passei a assistir toda a primeira temporada em alguns dias. Raymond Reddington é um personagem fantástico e de cara você é agarrado pela pergunta que vai servir como um imã, te atraindo a cada episódio de volta para a série: Quais são as motivações que levaram Red a se entregar para o FBI? 




Com o tempo fica claro que ele é um daqueles criminosos líderes de algum cartel internacional, que mantem relações com o mundo todo e detém uma fortuna sem fim


Aliás, em alguns diálogos ele chega a declarar que poderia desaparecer a qualquer momento, afinal é o que ele vende para seus "clientes"... poderia,  não fosse Elizabeth "Liz" Keen (Megan Boone), uma agente que em seu primeiro dia de trabalho no FBI é convocada para uma força tarefa secreta, porque Red só aceita falar com o governo através dela.  - isso cria toda uma investigação da vida de Liz, tanto para os agentes quanto para a audiência que fica tentando estabelecer relações entre os dois, por um tempo.



Red não é o único mistério na vida de Liz, seu marido e seus colegas de trabalho vão desenvolver histórias bem interessantes. Um deles, agente Ressler me chamou bastante a atenção, começou a série como um policial sem graça e após uma morte sua personalidade ganha força. 


A série segue o estilo "caso do dia" aonde a cada episódio a Força Tarefa recebe informações de Red para estabelecer ligações entre crimes até algum nome, seja de algum grupo terrorista ou de um assassino de aluguel que usa métodos totalmente diferentes.  Esse é um ponto alto da série, os criminosos não podem aparecer no radar do FBI, então usam todo tipo de método para seus resultados, como o Alquimista, um especialista em manipulação de DNA na cena do crime que consegue trocar as identidades de pessoas em acidentes, forjando a morte de centenas de mafiosos.




Cada vez que surge um novo mistério ele está bem amarrado com um maior. Red passa a ser caçado, por um nome que ele desconhece e isso revela suas ligações com o governo através de um Senador.  Quando encontra o cara que está o caçando, descobre que ele foi ludibriado para acreditar que eram inimigos.  Mas não posso deixar de ressaltar a atuação fenomenal de James Spader, ele da vida para um anti-herói que sem dúvida tem potencial para sentar ao lado de Hannibal como um dos vilões queridos da cultura Pop.  Alguém com um senso de humor inigualável, que pode usar a ironia para fazer uma cena de tortura em algo tarantinesco.



Related

séries de tv 2899892198522920178

Postar um comentário

Comentários
0 Comentários

emo-but-icon

Lançamento

item