Sobre o processo de escrever um livro







Na semana passada, três pessoas de cidades diferentes perguntaram “como funciona isso de escrever um livro? Vala a pena?” Ao mesmo tempo, outras três pessoas de outras três cidades enviaram fotos do Guia Completo do Storytelling e disseram estar adorando a leitura. A autora da foto publicada aqui foi mais longe e comentou “O bom desse livro é que abrange todas as áreas do conhecimento, fala com todas as pessoas. Tão abrangente quanto um rádio, né!?!”




Muito legal ver que um livro lançado há um ano e meio ainda continue em listas de mais vendidos. Mais legal ainda é quando alguém que leu o livro, no meio de uma conversa, descobre que sou coautor. Tem sempre um espanto. Como se um autor fosse algo meio mítico, meio distante, uma entidade com a qual não se vai ter contato.


Pois bem, retomando a pergunta inicial, o processo é árduo. Nosso ideal foi fazer o livro mais completo sobre o tema em língua portuguesa. Não foi fácil. Mesmo com toda a experiência no assunto, foram quatro anos entre fechar um contrato com a editora e o livro estar nas prateleiras de todo o país. Nesse tempo, seis meses ficaram dedicados só para a escrita. Seis meses sem dar cursos, sem fazer projetos, basicamente sem entrar dinheiro nenhum na empresa.


Se vale a pena? Bom, tudo depende do objetivo. Se for para ganhar dinheiro, existem formas mais fáceis. Mas se for para democratizar o conhecimento, aí compensa e recompensa.


Se quiser saber mais sobre o processo de escrita e publicação de um livro, comente que a gente aprofunda nos próximos posts.

Este artigo foi publicado incialmente no LinkedIn

Related

romance storytelling 4085742622779760199

Postar um comentário

Comentários
0 Comentários

emo-but-icon

Lançamento

item