O Capítulo Zero de Totalmente Demais foi uma transmídia quebrada



Desde a última  terça-feira (03),  já estava disponível no site da Rede Globo o capítulo Zero de Totalmente Demais, novela das 7 que substitui "I Love Paraisópolis" .  Parecia uma grande inovação, quer dizer pelo menos aqui no Brasil lançar um prólogo em outro meio - o que seria genial de se ver.

Mas por algum motivo, o que a Globo chamou de capítulo Zero não era sequer um capítulo, era uma propaganda.  Vou reproduzir abaixo o trecho do jornalista e crítico Maurício Stycer:

O tal “capitulo zero” durou seis minutos e exibiu três sequências, apresentando os quatro personagens principais da novela – Arthur (Fabio Assunção), Carolina (Juliana Paes), Eliza (Marina Ruy Barbosa) e Jonatas (Felipe Simas).

As cenas não serão exibidas na novela, que estreia na próxima segunda-feira (09). Por este motivo, a emissora classificou de “capítulo zero” e não de “chamada” o clipe de seis minutos. Mas, na prática, a suposta inovação foi apenas uma colagem de cenas — não se trata de novela, mas de publicidade mesmo.

O que os produtores, cineastas e novelistas brasileiros precisam saber sobre transmídia é que sem conteúdo ela se quebra. E depois o esforço para engajar o mesmo internauta se torna imenso, não vale a pena.

Related

novela 2667234820801025123

Postar um comentário

Comentários
0 Comentários

emo-but-icon

Lançamento

item