Seis livros que vão fazer você morrer de medo se começar a ler na Noite de Halloween



É de arrepiar. Dá medo. Suor na palma das mãos. Tremedeira. Nem morto você estará seguro. A pedidos dos Storytellers hoje, separei uma lista de livros imbatíveis que me deram medo, arrepio e muito pesadelo. Todos são super clássicos e para quem gosta do gênero eles inspiraram muito do universo ficcional e fantasia que está por aí. Preparado para arrepiar ?


1 - ­DRÁCULA ­BRAM STOKER

Escrito em 1897 pelo irlandês Bram Stoker, esse é o original, o verdadeiro vampiro de  todos os tempos. Até hoje lembro do protagonista Jonathan Harker, que fica hospedado  no castelo do sedutor Conde Drácula, e passa por muitos perrengues mas é mais do que isso. O clima é tenso e Harker vai descrevendo tudo num diário e gente....sim dá medo de dormir...pois até em pesadelo o Conde Drácula aparece para apavorar o protagonista. 
O resto é spoiler ....
A narrativa é muito boa, dinâmica e num clima de mistério, medo, ansiedade ele vai  conduzindo o leitor a fazer parte daquele Castelo sombrio e de tudo que está vivendo.
Tem hora que eu achava que estava no Castelo também...no mínimo envolvente.


2­ - THE COMPLETE STORIES AND POEMS­EDGAR ALLAN POE

Preparado para sentir nojo, aflição e medo ? Pois é, Poe é um clássico e faz até hoje muito marmanjo não dormir. Esse livro tem 18 contos, o que mais me deu medo foi a Queda da Casa de Usher escrito em 1839.Você já deve ter visto esse plot antes, uma menina doente morre e é enterrada, o irmão e um amigo descobrem mais tarde que foi um erro.Até hoje não tenho coragem de reler ele, pois sufoca e aflige. Os demais contos também são muito horríveis. No bom sentido e clima de Dia das Bruxas.





3 - ­A HORA DAS BRUXAS­ANNE RICE


E falando nas Bruxas, temos aqui um saga de buxas,bruxos e ocultismo. O livro lançado em 1994, é sobre a saga da família Mayfair que em quatro séculos vive entre feitiçaria e forças ocultas ,que cresceu e prosperou dedicando­se à magia negra.

O gênero horror e erotismo é surpreendente e entre os Mayfair, convive­se pacificamente com o incesto, os assassinatos e com um espírito meio divindade celta, meio demônio, chamado Lasher. O romance se passa em Nova Orleans e São Francisco e depois segue por Haiti e até França de Luis XIV. Confesso que quando li estava em New Orleans­cidade que já tem muito vodu e cemitério para visitar,além de um lado místico forte e tinha voltado de San Francisco, quando ela não era nada tecnológica e sim mais pós hippie. De lá para cá essas cidades nunca mais foram as mesmas para mim.

O bruxo­divindade­demônio Lasher não é um personagem fácil de entender, ainda que muito, muito interessante.Só lendo até o final para saber o que acontece com essa família amaldiçoada. E leia da mesma autora O VAMPIRO LESTAT.


4­ -O REI DE AMARELO­ROBERT W.CHAMBERS


Já ouviu falar do livro maldito ? Essa obra­prima de Robert W. Chambers, é uma coletânea de contos de terror fantástico publicada originalmente em 1895 e considerada um marco do gênero horror. Influenciou diversas gerações de escritores como H. P.  Lovecraft , Neil Gaiman, Stephen King e, mais recentemente, o produtor e roteirista Nic Pizzolatto, criador da série True Detective, exibida pela HBO, cujo mistério central faz referência ao obscuro Rei de Amarelo.

A maldição: todos que leem suas páginas são morbidamente afetados por elas. Os efeitos são pavorosos e só mentes muito doentias podem conceber. O título da coletânea faz alusão a um livro dentro do livro — uma peça teatral fictícia — e seu personagem central, uma figura sobrenatural cuja existência extrapola as páginas. A peça “O Rei de Amarelo” é mencionada em quatro dos contos. O texto, em dois atos, leva o leitor à loucura, condenando sua alma à perdição. Um risco que alguns aceitam se submeter. Bom como estou viva e não fui a loucura lendo o livro ? Boa pergunta...quem disse que não ?


5­ - O CHAMADO DE CTHULHU­ H.P.LOVECRAFT

O conto de horror do escritor norte­americano H. P. Lovecraft, narra a investigação sobre um ser extraterrestre­adoro! e dos "antigos" que na mitologia "lovecraftiana" seriam criaturas cósmicas, vindas à Terra antes desta abrigar a vida.  Cthulhu é um deus que aparece como um ídolo de argila quase indescritível, possuindo um culto milenar dedicado a trazê­lo de volta ­ um retorno que desencadearia o fim da Humanidade. Macabro.







6 - ­FRANKENSTEIN OU O PROMETEU MODERNO DE MARY SHELLEY

“Vi­com os olhos fechados,mas visão mental aguçada­vi o pálido cultor de artes  profanas ajoelhado à coisa que criara. Vi o horripilante fantasma de um homem estirado que, em seguida,por força de um poderoso motor,mostrava sinais de vida e movimento desajeitado, a meio caminho de viver”. Trecho do livro de Mary Shelley ao conceber o plot de sua obra.

Essa é uma das primeiras ficções cientificas que temos. Uma obra de uma jovem chamada Mary Shelley, filha de escritores famosos de esquerda e com uma vida bastante trágica. O livro é lançado em 1818 quando Mary tinha apenas 18 anos. Nada fácil e mais surpreendente uma mulher na época escrever algo tão radical. O romance é uma mistura de gótico e só para você leitor saber, o nome Frankenstein não é da criatura, e sim do criador. Obcecado pela origem da vida, Victor Frankenstein
saqueia cemitérios em busca de materiais para construir um novo ser através de um choque elétrico. Nem tudo dá certo...e falar do resto é spoiler. 

Para aqueles que gostam e se apavoram com zumbies e psicopatas, informo que poderia listar outros livros no gênero terror como World Z e Um estranho no Ninho, mas confesso que não gosto e nem me apavoram zumbis e psicopatas. Esses últimos vejo praticamente todos os dias nas ruas da cidade, instituições públicas e governamentais. Já não me assustam mais. Quanto aos zumbis acho que eles já estão entre nós e de verdade nem me incomodam Poderia também discorrer sobre as assombrosas e arrepiantes mazelas públicas com nossa Educação, Saúde e Segurança­talvez o maior horror de verdade que temos hoje­ mas preferi listar o tom de ficção (afinal tudo que estamos vivendo acima é verdade) para que possam ter um bom entretenimento no Dia das Bruxas. Por isso, que tal pegar um livro agora e embarcar numa instigante leitura de horror ?

Este artigo foi escrito por: Martha Terenzzo.  Storyteller, curiosa, é professora de Cultura pop e Contexto  Criativo,Inovação,na Espm mas trabalha também. Ama Ray Bradbury e Isaac Asimov.




Related

OS EXEMPLOS DE STORYTELLING 8030778585343994969

Postar um comentário

Comentários
0 Comentários

emo-but-icon

Lançamento

item